O papel essencial da refrigeração na luta contra a COVID-19

IIRO Instituto Internacional de Refrigeração apelou aos governos para considerarem os serviços relacionados com a refrigeração como “serviços essenciais” durante a actual crise sanitária devido ao coronavírus COVID-19.

O Instituto Internacional de Refrigeração (IIR) é a única organização intergovernamental independente de base científica e tecnológica que promove o conhecimento de todos os campos da refrigeração, desde aplicações a temperaturas muito baixas até ao ar condicionado, passando pela cadeia alimentar a frio.

Com 59 países membros e a sua rede de várias centenas de especialistas de renome nos cinco continentes, o IIR está habilitado a falar em nome da comunidade da refrigeração.

A IIR apela aos governos nacionais para que considerem os vários serviços de refrigeração e ar condicionado como “serviços essenciais” no contexto da luta contra a COVID-19 em inúmeros países de todo o mundo.

Mais de 15 milhões de pessoas estão empregadas em todo o mundo no sector da refrigeração – incluindo ar condicionado – que consome cerca de 20% da electricidade global utilizada a nível mundial.

A refrigeração é vital para reduzir as perdas pós-colheita e para a conservação dos produtos alimentares.

O ar condicionado desempenha também um papel fundamental no desenvolvimento económico e social dos países mais quentes, e a sua utilização está a expandir-se drasticamente – especialmente nas economias emergentes do mundo – com o aumento da temperatura global.

No sector da saúde, a refrigeração preserva os produtos farmacêuticos e os medicamentos, especialmente as vacinas.  Novos tratamentos, como a criocirurgia ou a crioterapia, foram desenvolvidos graças às tecnologias de temperatura ultra-baixa.

A refrigeração é utilizada em numerosos processos industriais, tais como químicos, plásticos e liquefacção de gás natural (GNL).

Privados da refrigeração, os centros de dados – e a Internet – entrariam em colapso em minutos.

No contexto actual, é importante salientar o papel essencial das tecnologias de refrigeração na separação criogénica dos gases que compõem o ar e na produção de oxigénio puro, de qualidade médica.

Os vários intervenientes no sector da refrigeração – produtores, instaladores, engenheiros e técnicos responsáveis pela manutenção e assistência técnica dos equipamentos – desempenham um papel fundamental para assegurar o funcionamento contínuo dos equipamentos de refrigeração. Isto é essencial em especial nos hospitais, lares de idosos mais vulneráveis à COVID-19, bem como no comércio a retalho e nas indústrias alimentares.

O IIR apoia as medidas que os governos estão a tomar para garantir a segurança e a saúde dos seus cidadãos. Através desta declaração, o IIR chama a atenção para o papel essencial dos intervenientes no sector da refrigeração. Apela aos governos para que permitam o funcionamento contínuo dos serviços essenciais prestados pelos intervenientes no sector da refrigeração.